Quantas pessoas você conhece que fazem dieta? E academia? Exigimos uma certa imagem de nós mesmos, seja por estética ou saúde, e todos os dias tentamos nos adequar a ela. Dedicamos muito tempo ao nosso corpo, mas pouco ou mesmo nenhum a exercícios para o rosto e pescoço. Uma decisão um tanto arbitrária, uma vez que a face é a primeira coisa que reparamos em uma pessoa.

Exercícios musculares e relaxamento facial ainda são pouco conhecidos pela população de modo geral. No entanto, eles podem oferecer uma eficiente solução estética às pessoas que preferem evitar intervenções médicas invasivas, como cirurgias plásticas ou mesmo o botox.

Além disso, também oferecem uma solução funcional para aqueles que se encontram em situações críticas, como assimetrias causadas por mastigação unilateral, cirurgia ortognática, ronco, respiração oral, paralisias faciais e traumas. De qualquer maneira, apresenta resultados incríveis aos pacientes.

Saiba mais sobre o que é esse tratamento e para que serve a seguir…

Expressões faciais e a musculatura do rosto

Há 11 músculos na face humana que, devido a sua elasticidade, são capazes de se contrair e se estender para formar expressões faciais. É através dessa movimentação (ou da falta dela) que surgem as marcas de expressão e a flacidez.

A assimetria acontece quando essa movimentação não é equilibrada, acentuando-se apenas de um lado ou em um local do rosto.

É o caso, por exemplo, de uma pessoa que tende a favorecer a mastigação em um lado da boca. Como os músculos necessários para realizar esse movimento são mais exercitados ali, dá-se a assimetria, ou seja, um desequilíbrio funcional.

As causas para a assimetria facial são muitos, no entanto, algumas mais críticas que outras.

Quais são os benefícios dos exercícios faciais?

A ideia por trás deles é muito simples: assim como o corpo, os músculos da cabeça e do pescoço também devem ser exercitados para que desempenhem suas funções de maneira adequada e eficiente e atinjam o equilíbrio muscular desta região.

Os benefícios do tratamento são diversos, tanto estéticos quanto funcionais, mas dentre eles podemos destacar os seguintes:

Fortalecimento e sustentamento da face.
Harmonização do estético e funcional.
Aumento da oxigenação e vascularização da pele.
Definição do contorno do rosto.
Melhoria da tensão e rugas entre as sobrancelhas.
Aumento da distância entre os olhos e sobrancelhas.
Suavização dos vincos das face e linhas de expressão.
Atenuação ou mesmo eliminação de rugas, sulcos, papadas, flacidez, marcas de expressão e sorriso gengival.
Minimização ou eliminação das mímicas faciais exacerbadas ou inadequadas.
Equilíbrio das forças musculares da face e do pescoço.
Aquisição de hábitos orofaciais e cervicais saudáveis.
Adequação à postura, respiração, mastigação, deglutição e fala.

Como são realizados esses exercícios?

Os exercícios para os músculos da cabeça e do pescoço são indicados pelo Fonoaudiólogo após uma profunda análise dos dados obtidos na avaliação de cada paciente e de acordo com as suas necessidades. São exercícios de força ou movimento ou de contra-resistência, que irão preparar a musculatura para executar melhor suas funções (respiração, sucção, deglutição, mastigação e fala).

O profissional de Fonoaudiologia indica quais exercícios miofuncionais preparam os músculos para executarem melhor as funções do sistema estomatoglossognático descritos acima, quantas vezes e por quanto tempo devem ser realizados, trabalhando-os conjuntamente com o paciente em cada sessão para alcançar seus objetivos.

→ Há mais de 20 anos no mercado de Fonoaudiologia clínica e com mais de 500 cursos e palestras ministrados no Brasil e no exterior, a Dra. Patrícia Faro é especialista em Treinamento Funcional de Cabeça e Pescoço. Para mais informações sobre o que a Fonoaudiologia pode fazer por você, entre em contato conosco e agende uma consulta.